Integração Das TICs À Cultura Docente

Integração Das TICs À Cultura Docente 1

Integração Das TICs À Cultura Docente

Se propõe a abordar a integração curricular das Tic para a cultura docente a partir da transferência de umas das metáforas da Inteligência Artificial e Vida Artificial. Os professores experimentam as TICs como o espaço natural para dominar alguns dos fatores que determinam a complexidade da organização escolar. Isso instalaria a cultura docente no centro de paradigmas que dinamizem o atual desenvolvimento científico e tecnológico. Vilches Márquez, R. (2018). Integração das TICs à cultura docente.

Às vezes, o Julemanden (Papai Noel) aparece pela porta com um grande saco de presentes sobre o ombro e os reparte ajudado de garotas. Os dinamarqueses são célebres por tuas Julefrokost, que significa “jantar de Natal”, que adiciona inúmeros pratos tradicionais dinamarqueses, algumas vezes acompanhados de cerveja e snaps. Estas refeições são muito conhecidos e são feitas com a família, a corporação ou outros grupos sociais. Se costumam celebrar nos dias que antecederam o Natal, porém nos últimos anos, o tempo que se estende de novembro a janeiro.

não obstante, a Julefrokost familiar se exerce no dia de Natal ou no dia seguinte. Outra tradição dinamarquesa recente é o conceito de Julekalendere televisivo, uma espécie de calendário de advento a apoio de programas de televisão de ambiente de natal que são emitidas todos os dias de um a 24 de dezembro, culminando com o Juleaften.

Várias redes de tv produzem programas, a maioria-não todos – dirigidos ao público infantil. Alguns calendários de advento de televisão se tornaram tão famosos que têm a sua continuação nos anos seguintes. Na Dinamarca, o Papai Noel é conhecido como Julemanden, o “Homem do Natal”, e se diz que chega em um trenó puxado por renas, com presentes pra crianças. Vai acompanhado de vários elfos que ajudam em tuas tarefas e se chamam julenisser ou simplesmente nisser, que teoricamente vivem em sótãos, celeiros ou lugares similares. Em várias tradições, pra preservar o favor e a proteção desses nisser, as criancinhas deixam-nos pratinhos com leite, pudim de arroz ou guloseimas que desaparecem durante a noite.

nas semanas que precedem o Natal ou jõulud, as gurias colocam uma sapatilha em suas janelas e recebem um adocicado ou outro açucarado dos elfos (päkapikud). Os estonianos para comemorar a véspera de Natal, 24 de dezembro, que é chamado de jõululaupäev (“quarta-feira de Natal”, apesar de, evidentemente, não é sempre que cai em um sábado), e foi declarado feriado. Nesse dia, todos os anos, o presidente do povo declara a Paz de Natal e olhar a um serviço religioso. Esta tradição foi iniciada por ordem da rainha Cristina da Suécia.

  • Usuário que reporta: Alvaro_QC [Incomodar neste local] 01:21 dez out 2007 (CEST)
  • Resultados semânticos no motor de busca Google
  • Machine Learning
  • Win + R: Abre caixa exercer programas
  • É um leitor nativo de PDF
  • Dodô 21:Cinquenta e nove 8 jun, 2005 (CEST)
  • Com o tempo, o software será fantástica pra prever o teu tema de modo automática

Na véspera de Natal, Papai Noel (jõuluvana) visita as meninas, que necessitam cantar ou recitar poemas de natal antes de receber seus presentes. O jantar típico inclui carne de porco com chucrute (mulgikapsad), batatas assadas, morcillas, salada de batata com beterraba e patê. De sobremesa, os estonianos comem biscoitos de gengibre (piparkoogid) e marzipã.

As bebidas mais comuns nessa época são a cerveja e o vinho com especiarias chamado glögi ou hõõgvein (“vinho radiante”). Os estonianos deixam as sobras da ceia de Natal pela mesa até a manhã seguinte, esperando que eles visitem os espíritos de seus entes queridos e assim como comam algo.

É costume de visitar os cemitérios e deixar velas pros falecidos. O dia vinte e cinco de dezembro, ou jõulupüha, é um dia quieto para visitar a família. Natal é uma celebração que se prepara com muito cuidado e centra-se na família e o lar, todavia também possui uma proporção religiosa.