Edição Do Domingo, 28 De Fevereiro De 1897, Página 4

Edição Do Domingo, 28 De Fevereiro De 1897, Página 4 1

Edição Do Domingo, 28 De Fevereiro De 1897, Página 4

Página 4.-Vinte e oito Fevereiro de 1897. VANGUARDA IN ILLO TEMPORE, OS SXTCESOS DE CHETA Trio de Carnaval DOM BALDOMERO, comerciante aposentado, j5años e uma bronquite .crônica. • DOM CARLOS, magistrado aposentado, 72inviernos, dispepsia inveterado. O Carnaval de estonces imediatamente era um Carnaval de decadência.Don Francisco.—Se, até correto ponto, entretanto eu entendo que aqueles sensíveis acontecimentos deram um golpe mortal a essas manifestações de Sa alegria pública.Dom Bsldoraero.– ¡

Dom Baldomero.—Minha neta o toque, Don Francisco (surpreso)—o Que é que ele toca? Dom Baldomero.—Isso que você diz: ElCarnaval de Veneza. Carnaval que se celebrava em Veneza durantela Idade Média. Pessoas competentes asseguram que depois do Carnaval de Veneza houve outro como o de Barcelona, oferece 30 e treiota e cinco anos atrás. Portugal, tenha sido reduzida a três e quatro dezenas de mascaronesgrotescos e com freqüência desagradáveis. Dom Caetano.—Isso tem V. razão.Lembro-me como se fosse hoje, aquela avenida do ano sessenta e 61; o

Rambla e que animação! Don Francisco.—Adicione V. e como mercado, desta forma o dinheiro! como corriam o ouro e a prata! Lembro-Me que saí no decorrer das 3 noites da avenida, elaborado a cavalo evestido de Mosqueteiro. —Homem! a toda a hora seria melhor que V. vestido da milicianoprogresista.

Don Francisco.—jQuite V., homem, qui-lhe V! V. de excelente nessas mamarrachadas. A avenida e com a rua, o Carnaval foi desmereciendo, por causa de não podia ser de otramanera. Dom Caetano—Não.., vai observar você; o que quis dizer doo BÍ Idoanero é que esascostumbres conhecidos irão perdendo paulatinamente, por efeito!

Don Francisco—Pois é uma mudança a-mentable, muito prejudicial perante todos os conceitos, ¡ ¡Que Carnaval, senhores! o que uma expansão e que regocijopor essa Avenida! Dom Baidomero (irônico).—O que harinani que pirralho falecido! Don Francisco.—Mais de um me deu e nome fez maldito o prejuízo. Se era um rir regular o Carnaval deste modo!

Pois, e no momento em que saíam as cavalgadas presididas pelo famoso Canonge, vestido como unprincipe? E do enterro o enterro de Sua Alteza, como diziam ios diários, o que, folguedos e que zambra por esses web sites quando passava a comitiva! Dom Baldomero (sentenciosamente).—Perolas liberdades gemían. Dom Baldomero.—Já penso dessa forma!

Don Francisco (engallándose).—O que hehecho Sempre é viver como cidadão hotí – rado, amigo da ordem e da serenidade; o devido a Deus, ninguém pode me perder no rosto, como a outros, como o de existir-com-tribuido a perturbar a paz e é remover paixões perigosas, enganando o povo com falacespromesas. Me parece que poderíamos largarnos: é noite de imediato, e nenhum da gente lhe convém ei comparecer muito tarde a residência. Os três anciãos se levantam e tomam a.pcerta; um tossindo e cuspindo; o outro apretándose boca do estômago, corno dizem algumas pessoas amadoras a metáfora; o terceiro, passando a mão por ¡

A multidão que momentos antes llenab” la Rambla, começa a dissolver-se. Dom Caetano.—Parece que concluiu a ! Rua. Don Francisco.—Diga você que haceafíos que concluiu, por causa de o que hoyqueda nem sequer via nem é nsda. Senhores, ei Carnaval hamuerto. Eu me sinto muito bem e muito vivo, graças a Deus.

  • Dificuldade para acordar
  • noventa e três Obrigado 🙂
  • Que a validade é criticada uma vez que se pronunciou o eleitor
  • 5ºpremio: 39415 / 22259 / 19152 / 70264 / 91917 / 60272 / 68981 / 03371
  • Diz ser Chanclator
  • O vieux domaine em Ravine des Cabris
  • MS Koningsdam (2016)
  • 47 Raularki6 falou

E acredite-me, don Francisco: você e eu levaremos anos de servir de pasto aos’• worms e ainda continuam a correr por estes i ruas acumular ritas e mascarões celebraedo dj Carnaval. Don Francisco (fora de si).—¡ 1 roso, com as aparências e realidades de um.i estábulo. Sousa, teu mordomo Fuelant e um ; portal da história preso antes, até o dia em que se-j guíente pela manhã, pela qual, consuma – da violação do domicílio do coronel yabiertas as caixas, se apoderou Brackenridge da tão agradável documentação.

Seu examenproporciona o digno relato dessa história que se parece com o de tantas outras reclamações dos governos dos sucessores do presidente Jsckson. Após tal ruído, detanta fúria e de tal escândalo, vióse que a herança era nada, pior, como diz Partem,167 pesos menos do que nada.